NOTÍCIAS

O TRABALHO CONTINUA APESAR DAS CONSTANTES QUEDAS NAS RECEITAS

O TRABALHO CONTINUA APESAR DAS CONSTANTES QUEDAS NAS RECEITAS

Apesar da crise econômica que afeta os municípios, em decorrência das medidas adotadas para conter a pandemia do Covid-19, São José de Mipibu vem adotando a regra do “fazer mais com menos”, apesar das quedas em todas as fontes de receitas do município.

De acordo com o mapa financeiro do município, em 2019 o Executivo contabilizou uma receita de ICMS no valor R$ 612.796,33 (seiscentos e doze mil, setecentos e noventa e seis reais e trinta e três centavos), sendo que em 2020 esse valor caiu para R$ 381.104,38 (trezentos e oitenta e um mil, cento e quatro reais e trinta e oito centavos), provocando uma baixa orçamentária de R$ 231.691,95 (duzentos e trinta e um mil, seiscentos e noventa e um reais e noventa e cinco centavos), déficit que somado a outros números decrescidos nos repasses do FUNDEB e FPM, dentre outras fontes de recolhimento, contabiliza atualmente uma queda na ordem de R$ 948.618,85 (novecentos e quarenta e oito mil, seiscentos e dezoito reais e oitenta e cinco centavos), em relação a 2019. Montante que se não fosse a eficácia no planejamento das contas municipais deixaria São José de Mipibu em débito com os colaboradores da gestão e com os contribuintes.

Apesar da crise que tem tendência de aumentar os números negativos na contabilidade do município, a gestão segue com a execução de todas as obras iniciadas e que já tinham recursos assegurados, a exemplo da reconstrução das escolas municipais localizadas em comunidades rurais como manimbu, Laranjeiras dos Cosmes, como também a reforma na escola Maria Aparecida, a construção da quadra de esportes do Arenã, drenagem da lagoa de estabilização do conjunto habitacional Parque das Praias, melhorias nas Unidades Básicas de Saúde -UBSs, melhoria nas instalações da UPA, nos laboratórios de análise clínica, pavimentação de novas ruas no conjunto Bela Vista e trabalho permanente de substituição de lâmpadas em todo o município.

Avaliando as projeções das receitas e despesas no curso do ano de 2020, desde o mês de março, quando o município passou a ficar no vermelho, tendo que levantar recursos de outras fontes para cobrir o déficit que está sendo acrescido mês a mês, quando chegar dezembro o caixa poderá apresentar déficit milionário na ordem de R$ 4.570.340,56, ressaltando que esse cenário poderá se agravar com o aumento da crise que se estabelece no país e no mundo.